16 de julho de 2016

As 10 empresas mais inovadoras de 2016

listou nesta semana as 50 empresas mais inovadoras de 2016. Entre as listadas há companhias que trabalham com medicina, finanças, comunicação e, é claro, tecnologia. Listamos as 10 empresas mais inovadoras do ranking. Saiba por que elas se destacam, de acordo com a publicação:
10. Taco Bell
A rede de fast food aparece na lista por conta de seus esforços para unir tecnologia e alimentação. Seu aplicativo móvel já foi baixado mais de 4,9 milhões de vezes. A empresa tem investido em quiosques touchscreen para que os clientes façam seus próprios pedidos e fechou uma parceria com uma empresa de entregas. A previsão é de expandir o negócio em outros países, passando de 280 para 1.000 lojas internacionais.
9. Black Lives Matter
O movimento Black Lives Matter entra na lista pela maneira como conseguiu usar a internet e as redes sociais para organizar os ativistas em mais de 30 países. Descentralizado, ele tem ajudado a fazer com que a desigualdade racial, a violência policial e outros temas sejam discutidos globalmente.
8. Alphabet
A Alphabet é a empresa-mãe do Google e possui empresas que atuam em diferentes setores, com ideias bastante futuristas em áreas como a medicina, os transportes, a tecnologia e o desenvolvimento urbano. Resta saber se as ideias sairão do papel.
7. Apple
Não é pelo lançamento de dispositivos inovadores que a Apple entra nessa lista. De acordo com a FastCompany, fatores como a expansão para o mercado chinês - o segundo mais importante do mundo -, a diversificação em seus investimentos - como a entrada no setor de streaming com o Apple Music e na área de cuidados médicos - e a preocupação com o meio ambiente, tudo isso sem reduzir os lucros, fazem com que ela apareça na lista.
6. Amazon
A Amazon é a maior varejista online dos Estados Unidos, mas a empresa também é grande em outro setor: o de computação em nuvem. A companhia também vende conteúdo digital, como filmes, músicas, livros e aplicativos, além de contar com seu próprio serviço de streaming de vídeo e produzir dispositivos que vão dos smartphones aos drones. Tanta diversidade resulta em bons ganhos - e boas inovações - para a empresa.
5. Netflix
O serviço de streaming de vídeo, apontado como um dos assassinos da TV, tem investido fortemente na produção de conteúdo original, atraindo cada vez mais assinantes. A expansão da Netflix também chama atenção: são mais de 75 milhões de assinantes em 190 países. Com isso, a empresa aumentou seus lucros em 500% nos últimos 5 anos.
4. Uber
A Uber tem simplificado o serviço de transportes no mundo todo, o que não veio sem esforço: até hoje existe um embate entre taxistas e profissionais que usam o aplicativo para trabalhar. A empresa é famosa por oferecer preços mais baixos do que os praticados e fechar uma série de parcerias com outras companhias, trazendo serviços incomuns, como a entrega de animais de estimação para a adoção. Recentemente, a Uber lançou seu próprio serviço de transporte aéreo, o UberCopter. Veja o que achamos dele aqui.
3. CVS Health
A empresa de cuidados de saúde e produtos farmacêuticos entrou no ranking graças ao seu próprio laboratório de inovações, que tem como objetivo a criação de dispositivos e aplicativos que melhorem a saúde dos usuários e consumidores.
O consumidor pode comprar vacinas, exames e até digitalizar receitas para adquirir produtos. Em breve a CVS lançará um sistema de inteligência artificial que usa o IBM Watson para prever quais clientes precisam de ajuda para evitar crises agudas de determinadas doenças.
2. Facebook
A rede social mais utilizada do mundo se tornou nos últimos anos uma das grandes potências da internet. Liderada por Mark Zuckerberg, a plataforma cresceu e conta com mais de 1 bilhão de usuários ativos por dia. Outros produtos da companhia - como o WhatsApp e o Facebook Messenger - também crescem a uma velocidade impressionante, gerando cada vez mais ganhos em publicidade. A próxima aposta da empresa é a realidade virtual, com os Oculus Rift. O sucesso do produto pode dizer se o Facebook continuará dominando o mundo nos próximos anos.
1. Buzzfeed
Fundado em 2006 pelo empresário Jonah Peretti, o Buzzfeed já possui edições locais em 11 países e já levantou um capital de US$ 300 milhões desde o início do ano. Grande parte dos avanços da companhia acontecem pelo bom uso das mídias sociais, que atualmente são responsáveis por 75% da audiência total. No ano passado, a empresa lançou uma versão especial para o Snapchat. Lá, a edição é assistida por 21% dos espectadores do Discover.
Para acessar a lista completa clique aqui.