23 de junho de 2014

Começa a construção do maior telescópio do mundo

Começou a construção do E-ELT, o European Extremely Large Telescope (Telescópio extramemente grande europeu), que futuramente será o maior telescópio do mundo. O dispositivo, que será erguido no Cerro de Armazones, uma montanha no Chile, teve um início de construção espetacular, com a explosão de seu topo.

Os explosivos foram usados para ajeitar o terreno para início das construções, mas o trabalho está longe do fim. Foram removidos cerca de 40 metros de montanha, pulverizando cerca de 5 mil metros cúbicos de rochas,  e novas explosões deverão limpar o restante. Estima-se que 1.750 toneladas de entulho deverão ser retirados do local antes do término desta etapa.

A superfície plana servirá como base para construção do telescópio com uma lente de diâmetro de 39 metros de diâmetro, o que é 9 metros maior do que qualquer outra já criada. Isso ajuda a captação de luz, que chegará a um patamar nunca visto antes. A expectativa é que a percepção de luz seja entre 10 a 15 vezes maior do que os outros telescópios gigantes atuais.

A escolha da montanha chilena não é à toa. A elevação fica no meio do deserto do Atacama, onde o tempo é muito seco, o que facilita a visualização do céu pela falta de nuvens. A região tem uma das noites mais limpas do mundo, o que ajuda a explicar o motivo de o Chile concentrar 70% dos observatórios espaciais do mundo.

A construção do E-ELT deve alavancar a arqueologia estelar, possibilitando a observação e estudo das primeiras estrelas. Também será possível analisar informações sobre composição de atmosferas e superfícies de planetas distantes, o que pode indicar quais destes mundos têm mais chances de desenvolver vida.
Fonte:OlharDigital

Espasmo hípnico, ou o ‘choquinho’ antes de dormir

capa_dormir
Antes de pegar no sono é comum termos uma sensação de que estamos caindo de algum lugar. Isso nos faz despertar subtamente. Quem está dormindo sente como um ‘choquinho’.
O fenômeno acontece em crianças, jovens e adultos e tem até um nome científico: é o espasmo hípnico.
O espasmo hípnico é um espasmo ou contração involuntária dos músculos, que desperta violentamente uma pessoa. Mioclonia é um termo que se refere a contrações repentinas, curtas, incontroláveis e involuntárias de um músculo ou grupo de músculos. Por isso o fenômeno também pode ser chamado de “puxão mioclônico”.
Geralmente, ocorre em estágios mais leves do sono, muitas vezes no momento em que estamos adormecendo, já entrando no estágio REM ou começando a ingressar em um sono mais profundo.
Ainda que não seja considerada uma doença, é um sintoma e pode ser considerado um distúrbio no sistema nervoso. Algumas pessoas o descrevem como uma sensação nítida de que se estar caindo, ou perdendo o equilíbrio, o que os leva a acordar assustados, enquanto outros o descrevem como um “choque elétrico” percorrendo o corpo de qualquer maneira, é uma experiência comum.
De acordo com a Academia Americana de Medicina do Sono, até 70% das pessoas já tiveram esse espasmo um dia.
Estudos indicam que os puxões mioclônicos ocorrem mais frequentemente em pessoas que sofrem de ansiedade, insônia, fadiga ou desconforto físico, porque o cérebro é mais facilmente confundido nessas condições. Privação do sono e estresse também podem ser fatores contribuintes.
Por isso, é mais fácil ter um espasmo quando não se tem dormido bem ou se está tentando não cair no sono.
Os espasmos ou puxões ocorrem mais comumente quando uma pessoa está dormindo em uma posição desconfortável ou está cansada.
A cafeína também pode ser um fator, porque torna mais difícil para uma pessoa relaxar. Algumas pessoas também relatam que o consumo de álcool torna os puxões mais frequentes.
Poucas pesquisas já foram feitas sobre o assunto, mas uma teoria sugere que o espasmo é resultado do relaxamento dos músculos. O corpo passa por mudanças na temperatura e respiração quando dormimos, assim, conforme uma pessoa está se preparando para dormir, o cérebro pode interpretar essas mudanças como um sinal de queda.
Outra teoria envolvendo confusão cerebral e relaxamento dita que, quando o corpo entra em relaxamento profundo, mas a mente continua ativa, o cérebro emite um alerta para o corpo reagir. É daí que surge a sensação de queda, ocasionando um susto que muitas vezes é acompanhado de batimentos cardíacos acelerados.Por fim, ainda outra teoria sugere que o corpo reage ao adormecer da maneira como uma pessoa pode se contrair quando morre; nesse caso, o espasmo seria um reflexo usado para manter o corpo “vivo e funcionando”.
De qualquer maneira, se você estiver pegando no sono e for acordado repentinamente pela sensação de estar caindo ou levando um choque, não se preocupe; é uma parte normal do processo de sono e não representa qualquer perigo real.
Fonte: Hypescience

O mito do poder da Coca-Cola

coca_cola_poder.jpgEu, muito tempo atrás, perdi o gosto pela Coca-Cola. Talvez a causa se encontre em suas bolhas efervescentes — há simplesmente muitas delas. Ou talvez o motivo seja, em sua versão americana, a doçura pegajosa do xarope de milho (subsídios para o milho e tarifas sobre o açúcar estão por trás disso). Ou talvez a razão seja o fato de que, depois de tomar uma dose, eu sinto um zumbido louco seguido por uma explosão devastadora. Eu jamais consegui entender como é que alguém ainda permanece acordado depois de um hambúrguer gigante, uma poderosa porção de batatas fritas e uma coca enorme.
Parece que não estou sozinho aqui. A Coca-Cola anda sofrendo com vendas em declínio na América do Norte e até mesmo no globo inteiro. O preço das suas ações foi atingido. Os gostos dos consumidores parecem estar mudando, migrando das bebidas fortemente açucaradas e saturadas de ácido carbônico para a água engarrafada, as bebidas desportivas e os energéticos. No drive thru do fast food da minha localidade, eu percebi que eles estavam promovendo as suas próprias bebidas geladas especiais em detrimento das bebidas gasosas convencionais.

17 de junho de 2014

Sobre a legalização da faca

faca_proibição.jpgQuinta-feira próxima completaremos um ano do fim da política de restrição à posse e ao uso de facas, política que, lembremos, recebera menção da ONU por sua eficácia no combate à violência. Desde então, estamos submetidos a um experimento social radical em que todo mundo pode ter, comprar, vender e portar uma faca afiada com potencialidade letal. E o resultado, como qualquer observador razoável e não movido por ideologias sectárias já percebeu, tem sido um desastre absoluto.

10 de junho de 2014

Mais um capítulo na era das políticas monetárias não convencionais

deflação.jpg
Com a recente decisão do Banco Central Europeu (BCE) de reduzir a taxa de juros abaixo de zero, a era das políticas monetárias sem precedentes, inusitadas e desesperadas ganha mais um capítulo. No seu comunicado do dia 5 de junho, Mario Draghi, presidente do BCE, anunciou as novas medidas destinadas a evitar o fantasma da deflação.

Dentre as ações divulgadas, destacam-se a redução da taxa básica de juros (main refinancing operations) de 0,25% para 0,15% – como se uma redução minúscula de uma taxa já minúscula pudesse realmente dinamizar uma economia – e a entrada em território negativo da taxa para os depósitos dos bancos no BCE (deposit facility), estabelecida em -0,10%.

Quanto o Brasil desperdiça de água?

http://www.sitedecuriosidades.com/im/g/32468.jpg
No Brasil, cerca de 40% de toda a água é jogada fora. Nosso país perde, por ano, R$ 7,4 bilhões por falta de infraestrutura relacionada ao uso da água, falta de investimentos e falta de manutenção dos sistemas de distribuição.
A atual rede de distribuição de água do Brasil perde 32,1% da água com falhas técnicas e desvios ilegais. O Estado do Amapá é líder em desperdício, com uma taxa de 73,3% de desperdício.


Na prática, quase um trilhão de litros de água são desperdiçados apenas pelas redes de distribuição de São Paulo. Esses dados nos fazem entender a atual crise de abastecimento que a região sudeste do Brasil vive nos dias atuais.

Hoje, o governo busca formas de racionamento de água. O Estado de São Paulo, um dos mais afetados pelo problema, vive a maior seca dos últimos 80 anos e, ainda assim, desperdiça muita água.

Apenas a água que é perdida no sistema de distribuição daria para preencher 263 mil piscinas olímpicas. Por dia, o consumo médio dos moradores de São Paulo é de 183,1 litros de água.


O Sistema Cantareira apresenta hoje o menor nível em duas décadas. A Sabesp, companhia de água do Estado de São Paulo, afirma que o consumo de água aumentou muito por conta do crescimento desordenado das periferias, especialmente na região metropolitana de São Paulo.

Para fins comparativos, na Europa e nos Estados Unidos, a taxa de desperdício de água varia em torno de15%. Na cidade de Tóquio, considerada modelo no controle de perdas do recurso natural, a porcentagem é de apenas de 5%.
Para especialistas, o combate ao desperdício deve ter várias frentes, incluindo a educação e conscientização dos consumidores e distribuidoras.
Fonte:Curiosidade

9 de junho de 2014

Sites têm até dia 23 para se adaptar ao Marco Civil da Internet


O Brasil entra na reta final para a entrada em vigor do Marco Civil da Internet, a “constituição” da rede. O que significa que sites, redes sociais e aplicativos têm até o dia 23 para se adaptar às novas regras.
Eles precisam simplificar e esclarecer seus contratos de prestação de serviços para informar aos internautas sobre como funciona a coleta e armazenamento de dados, registros de conexão e acesso.
Além disso, será necessário tratar do acesso e das práticas de gerenciamento de redes nos termos de uso.
"Hoje esses termos são muito complexos e extensos. A simplificação da leitura dos termos de uso facilitará a compreensão das informações e, consequentemente, a segurança das interações que ocorrem na rede", comenta o presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), Renato Opice Blum.
Ele explica que a atualização não envolve custos. “É uma reavaliação. Os próprios departamentos jurídicos podem fazer isso.”
Isso pode ser feito de forma alternativa, até mesmo descontraída, com tabelas ou em formato “pergunta e resposta” acompanhando um link para as condições mais detalhadas.
Fonte:OlharDigital

Operadoras dão calote na Anatel


A Agência Nacional de Telecomunicações foi vítima da inadimplência em 2013: das 2,3 mil multas que aplicou às operadoras durante o ano, um total de R$ 1,98 bilhão, o órgão só recebeu R$ 90 milhões, sendo que R$ 365 milhões foram suspensos judicialmente.

Em relatório divulgado hoje, a Anatel informa que enviou no ano passado 334 comunicados aos devedores na tentativa de obter R$ 673,8 milhões. Quem não pagou a dívida teve o nome inscrito no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin) ou na Dívida Ativa.

O problema é antigo. Entre 2000 e 2013, foram aplicadas 41,7 mil multas que somaram R$ 4,7 bilhões. Entretanto, apenas 57,7% - equivalente a 24.060 punições - foram quitadas, representando R$ 550,7 milhões.

No ano passado, a Anatel abriu 4,4 mil processos administrativos contra as operadoras - na maioria dos casos por causa do descumprimento das obrigações relativas ao Plano de Metas de Universalização, como indicadores de qualidade; interrupções na prestação do serviço; descumprimentos referentes à central de atendimento ao usuário; venda casada; e cobrança indevida e não ressarcimento.
Fonte: O Globo

Bill Gates investe US$ 100 mil em camisinha revolucionária

No ano passado, a fundação beneficente criada por Bill Gates e sua esposa, Melinda Gates, começou a investir na revolução dos preservativos. Agora a organização premiou a Universidade de Wollongong, na Austrália, com US$ 100 mil para desenvolver um projeto de camisinha segura que não diminua o prazer do sexo. Os pesquisadores envolvidos explicam que, em vez de usar latex, estão usando um novo material chamado “tough hydrogel” (hidrogel resistente), que foi criado para se comportar e passar a sensação da pele real. Você pode conferir mais no vídeo abaixo (em inglês).
Com o projeto, a expectativa é que os homens se sintam mais à vontade para usar o preservativo, o que também reduziria o risco de gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis. Robert Gorkin, engenheiro biomédico responsável pelo projeto, diz que a evolução tem a capacidade de “melhorar a vida de muitas pessoas”. Ele espera principalmente que a tecnologia ajude a melhorar os hábitos onde sexo protegido não é parte da rotina, como no sudeste asiático ou na África sub-saariana. Com esta nova opção, mais natural, a disseminação de doenças pode cair drasticamente, caso haja adoção.
Fonte:Via Huffington Post 

Os reais beneficiados por um capitalismo regulado

ReuniaoDilmaEmpresarios_tvdestaques.jpg
Proteja seu bolso: governo em conluio com grandes empresários

A palavra "capitalismo" é utilizada de duas maneiras contraditórias.  Em algumas ocasiões, ela é utilizada com o intuito de denotar um mercado livre e desimpedido, ou laissez-faire.  Em outras ocasiões, ela é utilizada para denotar exatamente o arranjo atual em que vive o mundo, uma economia mista em que o governo intervém para privilegiar grandes empresas, criando monopólios e oligopólios.  Logicamente, "capitalismo" não pode ser ambas as coisas.  Ou os mercados são totalmente livres, ou o governo os controla.  Não é possível ter os dois arranjos ao mesmo tempo.

Contra a absurda Lei da Palmada

tira da palmada.jpgVocê é a favor de que pais mantenham seus filhos em cárcere privado, sem água, comida e brinquedo, por dias a fio?  Não? Então você tem que defender a proibição do castigo no quarto quando ele for malcriado.  Colocar no quarto ou no cantinho é uma violência similar à do sequestro. Achou meio exagerado?  É exatamente esse o raciocínio que justificou a Lei da Palmada, ou Lei do Menino Bernardo.  Dar uma palmada é torturar; é violentar.
No mundo real, por outro lado, palmada não é tortura e não traz danos às crianças. Como documentado, por exemplo, por Judith Rich Harris em The Nurture Assumption, as evidências a esse respeito em geral não controlam variáveis básicas (ex: influência genética, cultura do meio infantil do qual a criança participa, etc.) e descartam interpretações alternativas: crianças são mais violentas porque apanham mais ou apanham mais porque são mais violentas?

3 de junho de 2014

Depressão pós relação, Sim Existe…

capa_poscoitomulher
O que era para ser prazeroso, por incrível que pareça acaba sendo depressivo, em muitas mulheres.
Cerca de 200 jovens australianas foram estudadas para chegar a esta conclusão e segundo a pesquisa, uma em cada três mulheres jovens se sente triste depois de uma relação sexual em algum momento de suas vidas. 10% disseram que muitas vezes, ou quase sempre, se sentem tristes após o coito.
Porém mais pesquisas são necessárias para verificar se os resultados são os mesmos em outras faixas etárias e localidades.
No entanto, indivíduos que experimentam disforia pós-coito, podem expressar seus sentimentos imediatos após a relação sexual em termos de melancolia, choro fácil, irritabilidade, ansiedade ou sensação de inquietação.
Como mulher é complicada demais, os pesquisadores ainda não sabem explicar a causa desses sentimentos. Uma das entrevistadas que afirmou se sentir “triste” porque disse que esses sentimentos não são ligados aos seus sentimentos de amor e afeto por seu parceiro.
Segundo os pesquisadores, isso sugere que outros fatores, como predisposição biológica, podem ser mais importantes. O próximo passo do estudo é observar as características emocionais das mulheres, e como elas vêem a si mesmas, para checar se a personalidade contribui para a depressão entre quatro paredes.
Fonte: LiveScience

Rede de crimes digitais que atacou 1 milhão de PCs é desmontada

Uma operação internacional liderada pelos Estados Unidos interrompeu a atuação de um grupo que atacou algo entre 500 mil e 1 milhão de computadores em quase uma dúzia de países, segundo comunicado do Departamento de Justiça dos EUA repercutido pela Reuters.
Um dos softwares maliciosos usados é conhecido como Gameover Zeus. Derivado do trojan Zeus, que causou problemas em 2006, o Gameover roubava informações de banco das pessoas.
A equipe também instalava outras aplicações criminosas nas máquinas das vítimas, como o Cryptolocker, que criptografa documentos para extorquir os usuários. Só esse vírus infectou 234 mil computadores e levantou US$ 27 milhões em dois meses. Juntos, os dois programas arrecadaram mais de US$ 100 milhões.
Os investigadores apontam um russo como responsável pelos crimes, o mesmo que teria criado o Zeus oito anos atrás.
Fonte:OlharDigital